Please reload

Notícias Recentes

Casamento da princesa adiado até 2020 após escândalo envolvendo a futura sogra

07.02.2018

 

O frenesi em torno do casamento da Princesa Mako, neta mais velha do imperador Akihito, tomou um balde de água fria na última terça-feira. Na data, foi anunciado que a princesa tinha decidido adiar, para uma data não especificada em 2020, seu casamento com o ex-colega de universidade Kei Komuro. As bodas estavam previstas para o dia 4 de novembro deste ano.

 

A notícia do adiamento veio na esteira de uma série de reportagens publicadas em tablóides e revistas de fofoca sobre uma dívida que a mãe do futuro noivo teria contraído com um antigo namorado. De acordo com o site Japan Today, duas publicações japonesas reportaram que a senhora Komura, que é viúva, devia mais de 4 milhões de ienes (cerca de 120 mil reais) ao homem que não foi identificado.

 

As reportagens ainda revelam que o dinheiro teria sido usado na criação e na educação de Kei Komuro, incluindo no pagamento do intercâmbio de seis meses que o rapaz fez nos Estados Unidos. Uma das reportagens citadas pelo Japan Today afirma, também, que a família Komura entendia que o dinheiro era "um presente".

 

No entanto, a Agência da Casa Imperial negou que as reportagens tenham sido o motivo do adiamento das bodas e que os noivos ainda pretendem se casar. "Nós chegamos à conclusão de que não teremos tempo suficiente para preparar a cerimônia e a nossa vida até o casamento planejado para o outono", disse a princesa em declaração oficial da agência.

 

Ainda no anúncio, a neta mais velha do casal imperial pediu desculpas às pessoas que estavam trabalhando no planejamento do casamento. "Nós deveríamos ter pensado melhor", explicou a princesa, que atribuiu a decisão anterior à "imaturidade" do casal.

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
RSS Feed
RSS Feed
  • White Facebook Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon

© 2017 por Direto do Japão/Roberto Maxwell. Todos os direitos reservados.